Quando comecei a sonhar

Postado por em 30 de junho em Destaque, sonhos de mel | 10 comentários

Pra começar a falar sobre minha carreira e como cheguei até aqui, vou voltar um pouquinho no tempo, pra mostrar que tudo de valor nessa vida, é construído com paciência e dedicação.

Comecei a trabalhar cedo. Aos 14 anos, já fazia chocolate caseiro pra vender na escola , na hora do recreio .

Acho que isso deve explicar minha paixão por chocolates!
À noite eu sentava pra preparar meu estoque e passava um bom tempo ao lado da minha mãe , conversando sobre como foi meu dia , às voltas com forminhas, papel alumínio e raspas de chocolate por todo lugar . Até hoje me lembro do cheiro de chocolate pela casa.
Naquela época  percebi que eu poderia com minhas próprias mãos realizar pequenos sonhos que eu tinha.
Na hora do recreio, eu abria mão de meu lanche porque a fila na porta da minha sala era grande e todos os dias, eu ia pra casa  com as vasilhas vazias e o porta níquel recehado de dinheiro.
Em pouco tempo, juntei dinheiro suficiente pra comprar sozinha meu primeiro ‘walk man’, que era o meu sonho naquela época . Caso você não saiba o que seja um Walk Man, é um aparelho que hoje seria comparado a um IPOD só que beeemmm maior e mais pesado. O meu só funcionava com quatro pilhas!

 Nossa , fiquei muito feliz em pagar com o “meu dinheiro”  o aparelho dos meus sonhos! Essa foi a primeira conquista da minha vida profissional, fruto de meu trabalho!

Fiz isso por alguns anos e tenho quase que certeza que algumas aptidões nasceram através dessa atividade: fui comprometida, pois tinha, mesmo que  cansada à noite, preparar minha mercadoria do dia seguinte, tinha que ser caprichosa e organizada ao separar cada barrinha de chocolate com um papel alumínio de cor diferente de acordo com o recheio, pra me facilitar na hora do serviço, eu tinha que ser simpática e atenciosa com meus clientes e disciplinada para não comer toda a minha produção, ou iria à falência rapidamente. Enfim, o chocolate da Mel fez sucesso !

Bom na vida sempre lembrarmos de onde viemos e fazer planos para onde queremos ir porque senão o tempo passa e ficamos ali parados , esperando que algo incrível aconteça. E posso te garantir, nada diferente irá te acontecer  se você faz sempre a mesma coisa e não ousa dar um passo rumo a seus sonhos. Ah!!!! Tem que sonhar tá?!

 Faça seu caminho…

Pra você que não sabe o que é um WALK MAN, essa é a foto do meu companheiro musical na adolescência. Eu o guardo comigo até hoje!

SkyMaster

A seguir: Decidindo o que ser quando crescer…

10 Comments

  1. Os chocolates eram deliciosos! =) Continua contando!!!

    • Querida amiga , a qualquer momento você estará numa dessas histórias. Sabe disso ne?! beijos

  2. Continuaaaaa Meeeeel !
    Mds , já sabia que eu tomaria mais iniciativas e cada vez mais eu a teria como um exemplo !

    #Continua
    AAAAAAAH , acho que me deu uma vontade de experimentar desses chocolates , mas só se forem preparados por você haha , espero que este dom ainda esteja bem vivo !
    Bjs de sua Fã número haha :* <3

  3. Nossa ! Que história linda . Parabéns ! Guerreira , valente ! Também quero chocolate u.u beijooos Mel :* sou sua fã !

  4. Noooooossa ! Que história perft *o* parabéns Mel beijos . #continua

  5. Eu sou sua fã !
    Tô amando a idéia de saber mais da sua vida e do que Deus fez, e ainda vai fazer
    através de vc !!
    Bjs querida!!

  6. Tá sendo legal relembrar! ; )

  7. Kkkkkk me lembro bem desses chocolates deiciosos! Super gostosos, bem feitinhos e bonitinhos! Freguesa certa bo Colegio Paraiso! Era um passa repassa de chocolates, na encolha, nas aulas de Claudir, Odilon, Pedro… Oh nostalgia! Adorei relembrar! Bjos e sucesso sempre!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>